O município de Humaitá (a 590 quilômetros de Manaus), conhecido como a “Princesa do Madeira”, completou no domingo, dia 15 de maio, 142 anos de existência. Filho do município, o deputado Cabo Maciel (PR) comemorou a data destacando o município como um grande centro de produção regional para o Estado do Amazonas.

Cabo Maciel disse que o governo do Estado contribui com Humaitá com incentivos através de programas especiais de financiamentos e orientação técnica que visam melhorar e aumentar a produção, nas diversas frentes de trabalho, a exemplo da pecuária de bovinos, piscicultura e pesca artesanal, agricultura de arroz, soja, milho, cupuaçu e hortaliças, artesanato, fábricas de doces e licores, beneficiadoras de castanha e movelaria.

O parlamentar disse que esteve recentemente visitando o município de Humaitá, em especial o seu sistema prisional, a exemplo do que vem fazendo em outros municípios.

Maciel garantiu que os mais de 40 mil habitantes de Humaitá podem contar com um representante na Assembleia Legislativa, lembrando ainda que desde que assumiu em fevereiro, ele começou a fazer uma série de reivindicações em defesa de Humaitá.

Cabo Maciel lembra que Humaitá foi muito importante para sua vitória na última eleição, por isso, ele tem um grande compromisso com os moradores daquela região. Uma de suas lutas será buscar junto ao governo do Estado incentivos para desenvolver a agroindústria para que as famílias possam ter emprego e renda.

Ele destacou também os avanços significativos registrados nos últimos anos no município com a implantação de polos da Ufam (Universidade Federal do Amazonas) e da UEA (Universidade Estadual do Amazonas) e de alguns projetos do governo federal que acenam com o desenvolvimento para a região.

Com isso, os jovens passaram a ter mais conhecimento e nova consciência a respeito das leis ambientais que protegem os rios, a floresta e os animais, impedindo assim, a prática de extração de madeira, garimpo, agropecuária e outras atividades que prejudicam o meio ambiente da região.

Cabo Maciel destacou o asfaltamento de 200 quilômetros da BR-319 que liga Humaitá a Porto Velho e a construção da ponte sobre o rio Madeira (de 966,33 metros de comprimento por 13,40 metros de largura) que vai ligar Porto Velho a Manaus, no Amazonas. Essa obra deverá ser concluída em 2013.

Berço intelectual do Amazonas

De acordo com o deputado Cabo Maciel, o município de Humaitá é também conhecido nacionalmente como “Berço intelectual do Amazonas” pelas inúmeras personalidades que nasceram e se destacaram como escritores, poetas e políticos da “Princesa do Madeira”.

Ele destaca ainda o advogado humaitaense Plínio Ramos Coelho, que foi governador do Amazonas, por duas vezes. Outro humaitaense de destaque foi o escritor, poeta e ex-senador Álvaro Botelho Maia, que governou o Amazonas por três vezes.

Ao concluir, Maciel disse que não poderia deixar de destacar também o humaitaense Almino Monteiro Álvares Affonso, que além de um grande político, foi ministro do Trabalho e Previdência Social no governo João Goulart, viveu no exílio e retornou para ser vice-governador de São Paulo na gestão Orestes Quércia.