O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto (PSD) anunciou, nesta quinta-feira (9), que a implantação do Sistema Virtual de tramitação de proposituras e treinamento dos servidores para alimentar o sistema será concluída até o dia 15 de julho. Após treinamento e inclusão das propostas em tramitação na Casa, o acesso ao sistema pela população dependerá apenas da liberação do Interlegis, programa do Instituto Legislativo Brasileiro (ILB) do Senado Federal.

Segundo informações do Diretor de Informática do Parlamento Estadual, Marcio Siqueira, a segunda fase da implantação do sistema iniciou nesta quarta-feira (8). A primeira fase do treinamento das pessoas que atuarão nos setores envolvidos diretamente na tramitação das propostas já foi concluída. Nos dias 1, 2, e 3 de junho uma equipe do Senado Federal, que está auxiliando na implementação do sistema através de parceria com a Aleam, esteve na Casa para treinamento desses servidores.

De acordo com o diretor, até o dia 15 de julho o sistema estará implantado, mas ainda em processo de alimentação de dados. “Esse processo de alimentação de dados demora um pouco mais porque além dos projetos novos, os servidores também terão que incluir os projetos antigos para consulta”, disse. Sobre quando a população poderá ter acesso ao sistema, o diretor informou que o acesso externo on line depende de liberação do Senado, responsável pela plataforma onde o sistema de tramitação está hospedado. Assim que for liberado, o sistema já estará disponível para acesso on line.

Para o presidente Josué Neto o sistema representa, além de uma evolução em termos de transparência na Casa, economia significativa de custos com papel e impressões. A estimativa de economia inicial é de pelo menos 50%.