O líder do Governo na Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado Sabá  Reis (PR), anunciou, durante Pequeno Expediente desta quinta-feira (20), que o Executivo Estadual assegurou que, vai disponibilizar área ao lado da Cidade Universitária, no município de Iranduba, para construção de novo Aeroclube de Manaus.

A iniciativa é resultado da grande mobilização feita pela Assembleia Legislativa do Amazonas, que enfatizou a necessidade de transferência do Aeroclube da zona centro-sul da capital, durante Audiência Pública realizada, na segunda-feira (17), no miniplenário Beth Azize, na sede do parlamento estadual.

Localizado no bairro Flores, zona centro-sul de Manaus, o Aeroclube gera insegurança à população. Favoráveis à mudança, participaram do debate de autoria do deputado Luiz Castro (REDE), os representantes de empresas de táxi aéreo, como Parintins Táxi Aéreo, CTA Táxi Aéreo, Rico Táxi Aéreo. Estiveram presentes também, órgãos relacionados,como o Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo da quarta região (Cindacta IV), Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semmas) e o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM).

De acordo com Sabá Reis, o Governo do Estado também vai participar da construção do espaço. “Apesar das dificuldades, o Governador do Estado disponibiliza uma área ao lado da Cidade Universitária, Região Metropolitana de Manaus, e se compromete a encabeçar uma ação para atender às necessidades de construção da nova estrutura. Já falei com o secretário de Governo, José Jorge Nascimento Júnior e tão logo acertarmos agenda, ele virá aqui na Assembleia e vamos chamar os empresários para caminhar rumo a uma solução, porque não é de hoje que este problema atinge as pessoas que moram nas áreas próximas ao Aeroclube”, anunciou.

Comenda no Itamaraty

Sabá Reis parabenizou o Governador José Melo (PROS), que recebe do Ministério das Relações Exteriores, nesta quinta-feira (20), em Brasília, a insígnia para ser admitido na Grã-Cruz da Ordem de Rio Branco, a principal honraria anual concedida pelo Itamaraty.