Nesta quinta-feira (18), a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) realizou a posse dos 24 jovens deputados participantes do Programa Parlamento Jovem 2017 e comemorou também os dez anos do Programa. A iniciativa foi idealizada pelo ex-deputado estadual Wallace Souza, que foi agraciado in memorian na ocasião, com a entrega de uma Placa de Homenagem a um dos filhos do ex-parlamentar, Willace Souza.

O deputado estadual Belarmino Lins (PROS) abriu a solenidade falando sobre o impacto do programa na vida dos jovens estudantes. “Este programa, desperta a consciência política dos nossos jovens de escolas públicas e particulares, além de promover a interação entre eles e os parlamentares”, afirmou.

Belarmino Lins expressou gratidão pelo reconhecimento ao trabalho desenvolvido por seu pai. “É muito gratificante estar nesta tribuna de onde tantas vezes assisti meu pai discursar e sei o quanto ele valorizava este projeto, porque é uma forma de valorizar e politizar os jovens, favorecer a educação cidadã e fico muito feliz com a efetividade do programa que já atendeu centenas de jovens”, afirmou.

O Parlamento Jovem é realizado anualmente e tem por objetivo possibilitar aos alunos de escolas públicas e particulares a vivência do processo democrático. No programa dois alunos são apadrinhados por um deputado da Aleam, um como deputado (a) e outro para vaga de suplente e, durante duas semanas, ambos vivenciam a rotina do parlamento, realizando atividades como a participação de sessões plenárias e proposição de um Projeto de Lei (PL).

Egressos

Estiveram presentes na homenagem aos 10 anos do programa alguns alunos egressos do Parlamento Jovem, que compartilharam experiências e falaram sobre o que mudou em suas vidas após a experiência. Dalete Cantanhede de Araújo, eleita presidente na edição do Parlamento Jovem de 2013, enviou mensagem dos Estados Unidos parabenizando o programa. “Estou nos Estados Unidos porque estudo em uma universidade americana. Sempre me lembro do que aprendi no Parlamento Jovem sobre a responsabilidade com o povo”, enfatizou.

A primeira deputada jovem eleita vice-presidente da Mesa em 2008, Amanda Prado, falou sobre a experiência vivida. “Na época eu tinha 18 anos e não pensava em me envolver na política, mas aprendi como eles trabalham e como funciona tudo então isso abriu a minha mente”, afirmou.

Michael Lima, suplente de Amanda Prado em 2008, falou da perspectiva em relação ao programa. “Muita coisa já mudou daquele tempo pra cá, a juventude demonstra mais interesse e está mais crítica e atuante. Espero que daqui pra frente essa luta continue e venham mais melhorias”, declarou.

Denis de Freitas Arújo Neto, que foi Presidente da Câmara dos Deputados no Parlamento Jovem Nacional em 2008 falou da participação dele. “Participar do parlamento jovem é uma experiência única, nos mostra, incentiva e nos ensina a participar da política. Participar do Programa foi sensacional e me ajudou a formar o ser humano que sou hoje”, afirmou.

Também participaram da comemoração Carolina Lucena Brito, da edição de 2013, Cássio Ângelo, presidente da edição de 2015, e Adriano Nascimento dos Santos, presidente da edição de 2016.