A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), por meio da Escola do Legislativo Senador José Lindoso, vai começar um novo projeto cultural voltado para servidores públicos e à sociedade em geral, que terá como viés principal a difusão de novos saberes a respeito das origens amazônidas. O projeto “Educando pela Cultura”, elaborado pela pedagoga e historiadora Jacy Braga, vai ser realizado mensalmente, em datas flexíveis, sempre na metade do mês.

O projeto, que nasceu a partir de experiências realizadas na Feira Cultural que já existe há mais de quatro anos na Assembleia Legislativa, tem por objetivo falar sobre temas que são trabalhados de maneira transversal na educação, ampliando as experiências, contribuindo para crescimento social e aumentando o suporte educacional visando à aprendizagem.

A primeira edição do “Educando pela Cultura” terá como tema ‘Lampião: Rei do Cangaço’. Além de tratar sobre a história de Lampião, o evento abordará a influência da cultura nordestina no Amazonas. Dentre as atividades programadas estão apresentações culturais, palestras e exibição de documentário.

Jacy Braga comenta que a escolha do tema se deu em razão da forte influência nordestina na cultura do Estado. “Nós tivemos no Amazonas dois períodos históricos importantes, na época da exploração da borracha e no início da Zona Franca, em que o Amazonas recebeu muitos nordestinos. E essa influência, com certeza, serviu para trabalhar a formação cultural que hoje nós temos. Então é muito importante que a sociedade do nosso Estado conheça um pouco desta cultura que tanto nos influencia”, explica.

A diretora da Escola do Legislativo, Jaqueline Ferretti destaca que “a Escola do Legislativo está sempre buscando novas formas para construir e difundir conhecimento. Além das atividades que já desempenhamos, como os cursos de capacitação para capital e interior e a Feira Cultural, por exemplo. Por meio desse projeto teremos mais uma via para que isso aconteça”, demonstrou.