O deputado estadual Vicente Lopes anunciou, na manhã desta terça-feira (13), sua desfiliação do Movimento Democrático Brasileiro (MDB). “Eu quero informar a esta Casa que acabo de dar entrada na minha solicitação de desfiliação do Partido do Movimento Democrático Brasileiro. E o faço sem ressentimento, o faço sem mágoa, o faço com absoluta tranquilidade”, declarou o parlamentar, durante discurso, no Pequeno Expediente, da tribuna da Casa.

Vicente Lopes deixa o MDB para se filiar ao Partido Democrático Trabalhista (PDT). “Para que não paire nenhuma dúvida, nenhuma especulação acerca do meu nome, saio do MDB e vou para o partido do governador Amazonino Mendes, com absoluta tranquilidade de quem tem que oferecer sugestão, contribuição pública, no sentido de que ele possa resolver os graves problemas que o Amazonas enfrenta”, revelou o futuro pedetista, que esteve filiado ao MDB desde 1990.

Lopes afirmou que dará sua colaboração como cidadão e parlamentar ao governador Amazonino Mendes, entendendo o esforço que o chefe do Executivo está fazendo para colocar o Estado do Amazonas de volta aos trilhos. “Por esta razão, eu já afirmo desta tribuna que irei para um partido orientado pelo governador Amazonino Mendes”, destacou o parlamentar.

Na oportunidade, Vicente Lopes solicitou, em requerimento verbal à Presidência da Mesa, que o seu tempo para pronunciamento no Plenário da Casa fosse desmembrado do MDB e colocado para ele na condição da parlamentar independente, até que apresente à Casa sua nova filiação partidária. A solicitação foi aceita pelo presidente Belarmino Lins (PROS), que presidia a sessão.