Na semana de 4 a 8 de novembro, as atividades da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) se concentraram na discussão de temas tanto de nível nacional — como a polêmica sobre a fusão de municípios — quanto em nível estadual, como o atraso do pagamento dos profissionais terceirizados da saúde que atuam na rede pública estadual. Além disso, os deputados também divulgaram ações parlamentares.

Na segunda-feira (4), além da Sessão Plenária compensatória para a próxima terça-feira (19), a Assembleia sediou a posse da nova diretoria da Federação das Associações de Desenvolvimento Distrital Emancipalista do Amazonas (Faddeam) para o próximo biênio (2020-2021), que agora terá como presidente Alysson Karré.

Em Sessão Especial, no mesmo dia, no Plenário Ruy Araujo, foi comemorado o Dia do Oficial da Reserva (R/2) do Exército Brasileiro, na qual dezoito militares da Ativa e da Reserva foram agraciados com a entrega de placas comemorativas e certificados de honra ao mérito. A homenagem foi uma iniciativa do presidente da Casa, deputado Josué Neto (PSD), em conjunto com o deputado Delegado Péricles (PSL).

Na Sessão Plenária da terça-feira (5), os deputados concentraram seus discursos nas atividades legislativas; como o deputado Sinésio Campos (PT), que defendeu requerimento para criação de delegacia especializada em crimes cibernéticos; a deputada Joana Darc (PL) que falou sobre sua participação no Sínodo da Amazônia no Vaticano; e o deputado João Luiz (Republicanos), que repercutiu reunião realizada pela Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia, presidida por ele, para discutir os serviços de telefonia junto com os representantes das empresas prestadoras do serviço.

A Diretoria de Saúde da Assembleia iniciou, no mesmo dia, as atividades da Campanha Novembro Azul, com a realização de exames de PSA (Antígeno Prostático Específico). Ocorreu ainda uma Sessão Especial, de iniciativa da deputada Alessandra Campêlo (MDB), em homenagem aos escrivães do Amazonas.

Já na quarta-feira (6), o deputado Ricardo Nicolau (PSD), presidente da CAE, teve uma reunião com a equipe jurídica para examinar as nove emendas apresentadas ao Projeto de Lei (PL) nº 610/2019, o chamado Plano Plurianual (PPA 2020/2023), sendo oito de autoria do deputado Sinésio Campos (PT) e uma do deputado Wilker Barreto (Podemos). Na Sessão Plenária do dia, a vinda dos profissionais terceirizados da saúde à Assembleia para protestar mais uma vez contra o atraso no pagamento dos salários de enfermeiros e técnicos de enfermagem terceirizados da Secretaria de Saúde (Susam) dominou a manhã de debates. Em homenagem, a presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), Conselheira Yara Lins, recebeu a Medalha Ruy Araújo através de requerimento do deputado estadual Dr. Gomes (PSC).

Na Sessão Plenária de quinta-feira (7), os deputados estaduais reprovaram a proposta do Governo Federal de fusão de municípios que possuem até cinco mil habitantes e que não se sustentam com receitas próprias.

Ainda na programação do Novembro Azul, a Diretoria de Saúde da Assembleia realizou, no último dia da semana, uma palestra sobre disfunção erétil com os médicos Giuseppe Figliolo, Flávio Antunes de Souza e Ítalo Cortez no miniplenário Cônego Azevedo. No Plenário Ruy Araújo, o professor Kleist Mendonça recebeu a Medalha Ruy Araújo, por autoria da deputada Dra. Mayara (PP) como incentivador da cidadania através do esporte. Por fim, a Aula Magna do curso de Pós Graduação em Poder Legislativo e Políticas Públicas, no Auditório Senador João Bosco, encerrou a semana de atividades no legislativo estadual amazonense.

 

 

Diretoria de Comunicação da Aleam

Texto: Fernanda Barroso

Foto: Alberto César Araújo