O deputado Roberto Cidade (PV)apresentou nesta terça-feira (19), requerimento ao Secretário de Estado da Educação (Seduc), Luís Fabian, solicitando apoio para que os alunos de baixa renda não percam a inscrição ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020), por falta de acesso à internet.

“Muitos alunos de baixa renda que dependiam das instalações das escolas para realizar a inscrição do Enem, como os laboratórios de informática, acabaram sendo prejudicados, pois muitos não têm acesso à internet de boa capacidade para realizar a inscrição, que encerra no dia 22 deste mês”, destacou.

De acordo com o deputado,  devido à pandemia do coronavírus no Amazonas, as aulas presenciais foram suspensas, como medida acertada, para frear a velocidade de contágio do vírus. No entanto, é preciso buscar uma alternativa para não prejudicar os alunos.

“Solicitamos ao Secretário Luís Fabian que esses alunos possam utilizar as dependências das escolas para realizar a inscrição do Enem, tomando os devidos cuidados recomendados pela OMS”, pontuou o parlamentar.

 

Sobre o Enem 2020

 

Segundo o Ministério de Educação, o procedimento para a inscrição deve ser feito na Página do Participante, no site ou no aplicativo do Enem.

A estrutura do exame permanece com uma redação e 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e Matemática e suas Tecnologias. O Enem impresso será aplicado nos dias 1º e 8 de novembro e a versão digital, em 22 e 29 de novembro. Para se inscrever, acesse a Página do Participante do Enem.

 

 

Gabinete do Deputado Roberto Cidade (PV)

Texto: Assessoria do Deputado

Moara Cabral (92) 99242 – 8724

Antônio Barros (92) 98145 – 1183

Foto: Evandro Seixas