O Governo Federal ainda não manifestou nenhuma posição sobre os indicativos, na forma de requerimentos, de autoria do deputado Sinésio Campos (PT), aprovados pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), para a construção de hospitais de campanha terrestres e fluviais em municípios do Amazonas para o combate e tratamento de pacientes infectados pela pandemia da Covid-19, causada pelo novo coronavírus. Diante dessa ausência e o avanço do quadro de epidemia nos municípios, o deputado teceu críticas contundentes e cobrou providências urgentes para a instalação dos hospitais. A manifestação é feita de forma veemente pelo deputado Sinésio Campos nas Sessões virtuais da Aleam.

Sinésio Campos também cobrou providências do Governo do Estado de medidas emergenciais, encaminhadas pelo parlamentar por meio da Aleam, em prol da defesa da saúde da população para a prevenção e combate à pandemia da Covid-19 na capital e, sobretudo, nos municípios junto às comunidades ribeirinhas e indígenas.

As principais indicações, direcionadas ao Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, objetivam medidas urgentes para a criação de hospitais de campanha para auxiliar no combate à Covid-19, em atendimento às comunidades indígenas nos municípios de Tabatinga e São Gabriel da Cachoeira; à população das comunidades da região do Juruá, no âmbito do município de Carauari; região do Médio Solimões, em Manacapuru; comunidades da região do Purus, no município de Lábrea; comunidades da região do Triângulo, no município de Tefé; e, região do Rio Madeira, em Manicoré; à população das comunidades da região do Médio Amazonas, nos municípios de Itacoatiara e Parintins; e um hospital de campanha fluvial em Jutaí para auxiliar no combate à pandemia, em atendimento às comunidades indígenas no município.

Também de autoria do deputado Sinésio, as Emendas Parlamentares voltadas para a saúde, foram destinadas aos Governos do Estado. Somando mais de 33 milhões, destinado para ações de prevenção e combate ao Covid-19. Citou a aprovação do requerimento de indicação, ao Governo Estadual, para que fosse firmado convênio com associações e cooperativas de costureiras para a confecção de máscaras de tecido e avental para população, médicos e enfermeiros para auxiliar também no combate à Covid 19. “Neste aspecto, venho cobrar a distribuição de máscaras para a população, principalmente nas filas que ainda se formam na frente de agências da Caixa para o recebimento de benefícios como o Auxílio Emergencial”, destacou.

O parlamentar também ressaltou a aprovação, na Aleam, do requerimento para a implantação de um sistema de comunicação direta com pacientes acometidos pela Covid-19 via WhatsApp, um Contact Center, para auxiliar nas informações do quadro clínico dos pacientes internados. “Sistema que vem dar um alento aos familiares dos que tem pacientes nas UTIs, isolados para tratamento da Covid-19. Para se obter informações, muitas vezes, é preciso se dirigir às portarias dos hospitais e fazer um exercício de paciência para conseguir a informação”.

Sinésio Campos disse ainda que a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) ainda não se manifestou sobre o repasse dos recursos, das Emendas Parlamentares voltadas para a saúde, que foram realocadas ao Governo do Estado, pelos deputados para ações de saúde e combate a pandemia. “Conclamo essa Casa legislativa e envidar esforções para continuar contribuindo no sentido de cuidar da saúdo da população. Vidas não tem preço”, finalizou.

 

 

Gabinete do Deputado Sinésio Campos (PT)

Texto: Assessoria do Deputado

Gabinete (92) 3183-4431

Jéssica Trajano (92) 99224-6013

ascomsinesio@gmail.com