O Modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) quando foi criado tinha entre seus principais objetivos o de desenvolver o Estado do Amazonas como um todo, mas, infelizmente no interior, as cidades ainda não experimentaram os bons frutos desse modelo. Por causa disso, o deputado Tony Medeiros (PSD) defendeu, nesta quarta-feira (7), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), que o Poder Público tome providências urgentes para promover o pleno desenvolvimento do interior, principalmente, devido às perdas decorrentes da pandemia.

“Nós sabemos que no interior existe um enorme potencial econômico. No setor primário, por exemplo, temos a piscicultura que pode nos tirar da dependência da importação de peixes, além da questão mineral onde temos ouro, silvinita, potássio, nióbio, petróleo e gás”, exemplificou o parlamentar.

Tony Medeiros ao defender um modelo de desenvolvimento para o interior lembrou também do polo madeireiro que, de forma legal, é uma alternativa econômica, principalmente para a fabricação de mobiliário escolar. Além disso, o deputado também fez questão de ressaltar o interesse de empresas que querem investir no interior.

“A instalação de empresas vem ao encontro de nossas necessidades. A geração de emprego e renda é um fator de desenvolvimento que o homem que vive no interior precisa experimentar. A riqueza da cidade de Manaus conseguida pelo modelo Zona Franca precisa ser dividida com a população que por uma razão ou outra vive distante da capital”, concluiu o deputado.

 

 

Gabinete do Deputado Tony Medeiros (PSD)

Texto: Assessoria do Deputado

Foto: Jimmy Christian