Da esquerda pra direita: vereadores Evilásio Rubens, Jonas Eufrásio, secretária de educação Hellen de Aquino, vereadores Paulo Carvalho, Orlandino Torquato e Jesus de Nazareno (presidente da Câmara).

 

O plenário da Câmara Municipal de Amaturá aprovou nessa sexta-feira, 26 de outubro de 2018, o novo Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCS) dos professores da rede municipal de ensino. O novo PCCS enquadra os profissionais por tempo de serviço, titularização e mérito.

Segundo relato dos professores presentes na reunião, já houve um plano de cargos na administração passada, mas não ocorreu às progressões. Esperam agora que o plano possa ser concretizado e que os ganhos possam ser reais.

À secretária de educação, Hellen de Aquino, enfatizou que os professores de Amaturá estão de parabéns, e que o aumento progressivo do repasse só depende da atuação dos profissionais e da secretaria municipal de educação, na garantia de melhoria nos serviços na estrutura e na parte pedagógica, para garantir a permanência dos estudantes e atrair outros.

Segundo o prefeito de Amaturá, Joaquim Corado (MDB), o aumento se dá no limite prudencial, pois os recursos do FUNDEB repassados ao município é reduzido em comparação com os municípios vizinhos, e ainda ocorre o fator da demanda professor x aluno que está abaixo do mínimo, pois onde seria de 25 alunos em média por professor, no município gira em torno de 11,5.

Os vereadores presentes na reunião expuseram em suas falas a alegria em poder participar desse momento importante no processo de valorização dos profissionais de educação de Amaturá.

Após a votação, o presidente da Câmara Jesus de Nazareno Tananta Carvalho (PSDB), declarou o projeto aprovado e encaminhou em ofício ao Poder Executivo, enfatizando o legado deixado pela legislatura atual, bem como na continuidade dos serviços legislativos no acompanhamento do cumprimento do plano e sua atualização.

Segue a fac-símile do projeto aprovado: NPCCS