Os engenheiros da SEPROR, órgão responsável pela perfuração de poços artesianos em Presidente Figueiredo estiveram visitando as localidades contempladas na perfuração de poços artesianos. 15 comunidades rurais distribuídas na BR-174 e AM-240 receberão o projeto a ser executado no segundo trimestre deste ano.

“Estamos fazendo avaliações do local, perfil do terreno, verificar as condições de cada comunidade para poder abastecer o maior número de pessoas possíveis”, disse Vanessa Almeida, Engenheira da SEPROR.

José Fernandes mora há 20 anos no Assentamento Rio Pardo localizado no km 139 da BR-174 e comemorou a notícia da contemplação do poço artesiano. “A maior dificuldade de nossa comunidade é água potável, as águas daqui não são de qualidade devido os poços serem cavados rasos, por mais que os funcionários da saúde ajudem no tratamento, mas não é a mesma coisa, com a construção deste poço, agora podemos fazer nossos alimentos com água de qualidade, assim teremos melhores condições de saúde”, enfatizou José Fernandes, comunitário.

Os poços artesianos vieram para o município através de requerimento conjuntos dos vereadores (Patrícia Lopes, Anderson Leal, Jonas Castros, Inês Sampaio, Fernando Vieira Júnior e Assis Arruda) que levaram as demandas juntamente com Deputado Vicente Lopes e companheiro Márcio Cunha, o Governador Amazonino Mendes e o Vice Governador Bosco Sairava prontamente se comprometeram em atender essas demandas.

As localidades atendidas foram:

BR-174: Com. Tracoá (km 98), Boa Esperança, Ramal do Pacu (km 120), Jardim Floresta (km 126), Assentamento Canoas, Rio Pardo (Km 139) São Sebastião (Km 144), Rumo Certo (km 165), Nova Jerusalém (Km 179), Abonari (Km 204).

AM-240: Maroaga (km 07), Marcos Freire (Km 13), Cristo Rei (Km 28), São Miguel (Km 50) e Comunidade do Aeroporto Velho.